A revolução da cirurgia ortognática com o planeamento virtual em 3D
Eloy García
A revolução da cirurgia ortognática com o planeamento virtual 3D

Eloy García

O tratamento das deformações dentofaciais consiste atualmente numa intensa colaboração entre as equipas de ortodontia e cirurgia para a obtenção do melhor resultado para o paciente. A chegada das novas tecnologias, como as imagens radiológicas através de tomografia computadorizada de feixe cónico (CBCT) ou tomografia computadorizada (CT), a recolha de dados digitalizados por digitalização de modelos ou intraoral, bem como o surgimento no mercado de novos programas de gestão, diagnóstico e tratamento para problemas oclusais e faciais, significou uma enorme revolução na Cirurgia Ortognática. 

Estas novas tecnologias permitiram a aproximação entre os profissionais deste campo, da Ortodontia e da Cirurgia Maxilofacial, que desta forma passaram a conhecer mais detalhadamente o trabalho dos outros. O surgimento desta tecnologia foi muitas vezes um difícil trabalho de atualização do analógico para o virtual, do gesso e da resina para os arquivos digitais ou a tecnologia CAD-CAM. Isto não significa uma rejeição, mas, pelo contrário, uma facilitação do nosso trabalho com os pacientes mais complexos. Tentaremos resumir como podemos comunicar melhor entre profissionais e a que ferramentas devemos recorrer para poder, através do estudo, planear e implementar o tratamento dos nossos pacientes.